Saúde física mas também mental!

Um cão para ser saudável tem de o ser fisicamente mas também a nível mental e para isso temos de os estimular com enriquecimento ambiental através de várias técnicas. Uma delas é através de brinquedos que além de os manter entretidos, os estimulem a pensar e os desafiem. Um dos brinquedos que cada vez é mais conhecido e com resultados muito bons são os dispensadores de alimento, sobretudo os da kong pela sua resistência e forma. 
O uso correto desde brinquedo ajuda a resolver e evitar alguns comportamentos indesejados e ensina o cão a gostar de estar sozinho. 
Ajuda a evitar: 
O tédio - estimula o cão a fazer algo e a ter objetivos

Os latidos - surgem muitas vezes do tédio ou medo e para ajudar a solucionar o problema precisam de estar ocupados e a gastar energia

Os comportamentos de destruição por roer - os cães têm um instinto natural para roer e tem de redirecionar esse instinto

Problemas dentários - além de ajudar a aliviar a dor da mudança de dentes de leite para definitivos nos cachorros, em adulto ajuda a manter a mandíbula forte e dentes mais limpos

O stress por isolamento assim como a ansiedade por separação - ajuda a desenvolver uma associação positiva de ser deixado sozinho a algo bom

Além disto é uma forma diferente de dar as refeições. Além de ser estimulante e recompensante para o animal obriga a que comam mais devagar, o que no caso de cães muito sôfregos a comer pode ser importante.

Kong

Kong para o dia-a-dia

Uma vez que os dispensadores de alimento podem e devem ser utilizados no dia-a-dia para manter não só o cão ocupado como também para ajudar a resolver alguns problemas comportamentais, decidimos começar por colocar um vídeo de como encher uma kong para um uso regular e saudável da mesma.
Basta ter o alimento seco do seu cão, um alimento húmido de cão e um congelador! O seu cão vai adorar receber a sua refeição de uma forma diferente
.

Brinquedos